Viaje comigo!

Quer saber das novidades?! Se cadastre e receba as dicas direto no seu e-mail! É uma alegria poder compartilhar minhas amabilices com você!

CASA DO VIDRO: O DESIGN DO REAPROVEITAMENTO

A fachada simples camufla o abrigo das peças com design sofisticado. As letras, contornadas pelas garrafas, personificam o nome escolhido para o lugar. CASA DO VIDRO, desenham, em caixa alta, imponentes – apesar da sutileza do material.

7

O nome é autoexplicativo. Ali, tudo é feito de vidro. Não reciclado, mas, sim, reaproveitado. Garrafas de vinho, whisky, cerveja, suco. Abajour, taça quebrada, copo. Vidro-que-não-serve-mais vira obra de arte, peça de design. Cortes, jateados e montagens que levam as antigas garrafas do lixo ao luxo.
Bonito, em Mato Grosso do Sul, é referência do ecoturismo brasileiro. Mas a cidade modelo tinha uma dificuldade: o que fazer com todo o vidro do que era consumido pelos turistas. Aí, Carlos Cardinal teve a ideia que, aliás, começou para atender a demanda do próprio bar do qual ele era dono. Primeiro, transformou as garrafas long necks em copos. Viu que funcionou: resolveu dois problemas de uma vez – tinha garrafas a menos e copos a mais. Então, fez um curso do Sebrae. Descobriu no reaproveitamento uma oportunidade de negócio. Vendeu o bar e investiu no projeto.
A Casa do Vidro cresceu. Foi a primeira fábrica de reaproveitamento das Américas. Aberta em 6 de janeiro de 2014, ganhou, no ano seguinte, o 2º lugar no Prêmio Braztoa de Sustentabilidade e rendeu ao Carlos o convite para carregar a tocha olímpica na passagem do símbolo da Olimpíadas por Bonito.
Destino de 80% do vidro descartado na cidade, a Casa do Vidro recebe, na virada do ano, mais de três toneladas de garrafas. O vidro – que não é lixo – vira copo, xícara, moringa, abajour, lustre e o que mais a imaginação permitir. Os produtos estão à venda. Os valores variam de R$3,00 a R$600,00. Recentemente, o projeto passou a ser administrado pela Ong Amigos do Formoso e a renda passou a ser revertida para projetos sociais.
Anota aí:
Casa do Vidro
Rua Afonso Pena, 587, Centro
Telefone: (67) 3255-3987
Horário de funcionamento:
Segunda a sexta: 8h às 11h – 13h às 18h
Sábado: 8h às 12h
Facebook

 

Autor(a) do post
Amabyle Sandri

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Siga o Amabilices no Instagram e acompanhe em tempo real todas as nossas viagens e aventuras por esse mundo lindo.

Junte-se ao Instagram