$wpsc_last_post_update = 1544576947; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_make_known_anon = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_mod_rewrite = 1; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_front_page_checks = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_mfunc_enabled = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_supercache_304 = 1; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_no_cache_for_get = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_disable_utf8 = 0; //Added by WP-Cache Manager $cache_time_interval = '600'; //Added by WP-Cache Manager $cache_schedule_type = 'interval'; //Added by WP-Cache Manager $cache_page_secret = '1d9980f07be518a26754cbec9e7202f0'; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_slash_check = 1; //Added by WP-Cache Manager if ( ! defined('WPCACHEHOME') ) define( 'WPCACHEHOME', WP_CONTENT_DIR . "/plugins/wp-super-cache/" ); //Added by WP-Cache Manager $cache_compression = 1; //Added by WP-Cache Manager $cache_enabled = true; //Added by WP-Cache Manager $super_cache_enabled = true; //Added by WP-Cache Manager $cache_max_time = 3600; //Added by WP-Cache Manager //$use_flock = true; // Set it true or false if you know what to use $cache_path = '/var/www/html/amabilices.com.br/web/wp-content/cache'; //Added by WP-Cache Manager $file_prefix = 'wp-cache-'; $ossdlcdn = 0; // Array of files that have 'wp-' but should still be cached $cache_acceptable_files = array( 'wp-comments-popup.php', 'wp-links-opml.php', 'wp-locations.php' ); $cache_rejected_uri = array('wp-.*\\.php', 'index\\.php'); $cache_rejected_user_agent = array ( 0 => 'bot', 1 => 'ia_archive', 2 => 'slurp', 3 => 'crawl', 4 => 'spider', 5 => 'Yandex' ); $cache_rebuild_files = 1; //Added by WP-Cache Manager // Disable the file locking system. // If you are experiencing problems with clearing or creating cache files // uncommenting this may help. $wp_cache_mutex_disabled = 1; //Added by WP-Cache Manager // Just modify it if you have conflicts with semaphores $sem_id = 1724809439; //Added by WP-Cache Manager if ( '/' != substr($cache_path, -1)) { $cache_path .= '/'; } $wp_cache_mobile = 0; $wp_cache_mobile_whitelist = 'Stand Alone/QNws'; $wp_cache_mobile_browsers = '2.0 MMP, 240x320, 400X240, AvantGo, BlackBerry, Blazer, Cellphone, Danger, DoCoMo, Elaine/3.0, EudoraWeb, Googlebot-Mobile, hiptop, IEMobile, KYOCERA/WX310K, LG/U990, MIDP-2., MMEF20, MOT-V, NetFront, Newt, Nintendo Wii, Nitro, Nokia, Opera Mini, Palm, PlayStation Portable, portalmmm, Proxinet, ProxiNet, SHARP-TQ-GX10, SHG-i900, Small, SonyEricsson, Symbian OS, SymbianOS, TS21i-10, UP.Browser, UP.Link, webOS, Windows CE, WinWAP, YahooSeeker/M1A1-R2D2, iPhone, iPod, Android, BlackBerry9530, LG-TU915 Obigo, LGE VX, webOS, Nokia5800'; //Added by WP-Cache Manager // change to relocate the supercache plugins directory $wp_cache_plugins_dir = WPCACHEHOME . 'plugins'; // set to 1 to do garbage collection during normal process shutdown instead of wp-cron $wp_cache_shutdown_gc = 0; $wp_super_cache_late_init = 0; //Added by WP-Cache Manager // uncomment the next line to enable advanced debugging features $wp_super_cache_advanced_debug = 0; $wp_super_cache_front_page_text = ''; //Added by WP-Cache Manager $wp_super_cache_front_page_clear = '0'; //Added by WP-Cache Manager $wp_super_cache_front_page_check = '0'; //Added by WP-Cache Manager $wp_super_cache_front_page_notification = '0'; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_object_cache = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_anon_only = 0; $wp_supercache_cache_list = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_debug_to_file = 0; $wp_super_cache_debug = '0'; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_debug_level = 5; $wp_cache_debug_ip = ''; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_debug_log = ''; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_debug_email = ''; $wp_cache_pages[ "search" ] = 0; $wp_cache_pages[ "feed" ] = 0; $wp_cache_pages[ "category" ] = 0; $wp_cache_pages[ "home" ] = 0; $wp_cache_pages[ "frontpage" ] = 0; $wp_cache_pages[ "tag" ] = 0; $wp_cache_pages[ "archives" ] = 0; $wp_cache_pages[ "pages" ] = 0; $wp_cache_pages[ "single" ] = 0; $wp_cache_pages[ "author" ] = 0; $wp_cache_hide_donation = 0; $wp_cache_not_logged_in = 1; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_clear_on_post_edit = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_hello_world = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_mobile_enabled = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_cron_check = 0; ?> LISBOA | PORTUGAL | BLOG AMABILICES

Viaje comigo!

Quer saber das novidades?! Se cadastre e receba as dicas direto no seu e-mail! É uma alegria poder compartilhar minhas amabilices com você!

LISBOA | PORTUGAL

Telhados alaranjados, prédios baixos, doces deliciosos e o céu mais azul. Andar pelas ruas de Lisboa é como passear pela história. A sensação é de entrar numa cidade dos livros do colégio, com a receptividade de velhos conhecidos e estar, enfim, em casa.
Cheguei a Lisboa no 24º dia da viagem. Entrei na recepção do hotel e já mandei um “Bonne nuit! How are you? Linda noche!”. O legal de viagens longas é que, além de acordar sem saber onde você está, misturar as línguas e se sentir livre, a ansiedade diminui. Fica a vontade de desfrutar bem cada momento. E assim foi. Já estava cansada de caminhar (um mês caminhando de manhã até de noite, sem pausas, cansa, gente!), mas não abri mão de conhecer a cidade da melhor forma – batendo perna.
A primeira parada foi na Praça dos Restauradores. Pausa para: o caminho até lá é lindo. A Avenida da Liberdade é bem arborizada e proporciona uma caminhada super agradável! É muito fácil identificar, já que o obelisco tem 30 metros de altura. O monumento foi construído em comemoração à libertação do país do domínio dos espanhóis.
Caminhando por ruas encantadoras (tô tentando pegar leve nos adjetivos, mas… olha essas fotos!)…
(…) Você chega à praça dos nomes cheios de número. Há! É na praça Dom Pedro IV que está o Teatro Nacional D. Maria II. Como eu só passei um dia na cidade, não entrei no prédio, mas é possível fazer a visita guiada. Para saber mais, clique aqui.
O bacana de Lisboa é que a própria cidade parece ser a atração. Sou muito ligada na arquitetura (embora não sabia 1/20 do que gostaria), então, observar as construções, a forma como foram distribuídas (partes da cidade são puras ladeiras), o planejamento urbano – com o bônus das delicadezas do cotidiano (como a banca de flores) é inspirador.

IMG_8435

Inspirador também é o elevador de Santa Justa (ou do Carmo). Não tem como passar despercebido. Primeiro pela estrutura neogótica – e um tanto quanto antiga (o elevador foi inaugurado em 1902), segundo, pela altura – são 45 metros de subida, num caixote de madeira onde são colocadas não-lembro-quantas-pessoas. Vale muito a experiência. Além da vista privilegiada da cidade e do Castelo de São Jorge, o elevador ainda é um “atalho” para você subir ao Largo do Carmo. (Não cheguei a visitar, mas é um ponto de importância histórica, por concentrar convento, igreja, tascas, esplanadas, chafariz e o quartel do Carmo – um dos protagonistas da Revolução dos Cravos).
Elevador de Santa Justa
Elevador de Santa Justa
Para usar o elevador é preciso comprar ingresso. Confira os valores atualizados no site oficial.

IMG_8552

Depois de subir, desci ladeira abaixo, dei uma espiadela, à distância, na Praça do Comércio e segui para o Castelo de São Jorge.
IMG_8448
Uma das ruas no bairro Baixa Pombalina.
O Castelo de São Jorge é parte da zona nobre da antiga cidadela medieval. Para chegar lá, é preciso enfrentar A ladeira – que amenizei com um sorvetinho, numa lanchonete de esquina. Haja fôlego!
O Castelo de São Jorge já teve várias utilidades. É uma obra islâmica que foi adaptada para receber o rei, a corte, o bispo e os arquivos reais. Depois, virou forte militar e, após um terremoto, foi restaurado e aberto a visitação. A história pode ser vista numa exposição permanente. O local, por si, é uma atração. Disputa com o elevador a melhor vista da cidade – com um bônus: visão de 360 graus, se você estiver disposto a subir escadas, dar voltinhas e explorar a construção.
Outro ponto forte: a apresentação sobre as aves reais. Ok. Tive alguns problemas com isso. Por que?! As aves ficam presas, mas disponíveis para quem quiser tirar foto durante o dia inteiro. Em contrapartida, no final da tarde, o treinador faz uma apresentação falando sobre as características de cada ave, a importância e o “uso” durante a história e uma demonstração de voo. (Ele me conquistou quando mandou o pássaro pousar na minha cabeça).
Confira os horários e valores do Castelo aqui aqui.
Anoiteceu quando desci mais um pouco, rumo às margens do Tejo. Fato é: a essa altura, já não tinha mapa ou direção. Eram os instintos que mandavam. E foram eles que proporcionaram a cena mais bonita da lua. Sério! Olha essa foto:
IMG_8811
Um pouquinho antes!
Ali, para curtir o momento, vinho e pasteizinhos de Belém. Os legítimos! Deliciosos, baratos e irresistíveis. Apenas comam! Depois, mais caminhada… não vou indicar restaurante porque a cidade é tão repleta de opções que indico arriscar. Siga seu coração e seu estômago! Comi num restaurante no bairro Chiado. A janta estava deliciosa – um salmão (não, não teve bacalhau. Odeio o cheiro! Me julguem! rs) com mais vinho – por que, né?!
De quebra, na volta para o hotel, cruzei com um bondinho!
De quebra, na volta para o hotel, cruzei com um bondinho!
Acabei não conhecendo as Torres de Belém (bem que tentei, mas umas manobras erradas no trânsito resultaram numa multa em euros e numa perseguição policial! Juro – cena de filme! Sigam as placas, sempre!) e a parte nova da cidade. Preferi ir para Sintra, Fátima e Nazaré. Destinos dos próximos posts!!
Se você conheceu outros lugares de Lisboa, deixe seu comentário!

 

Autor(a) do post
Amabyle Sandri

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Siga o Amabilices no Instagram e acompanhe em tempo real todas as nossas viagens e aventuras por esse mundo lindo.

Junte-se ao Instagram