Viaje comigo!

Quer saber das novidades?! Se cadastre e receba as dicas direto no seu e-mail! É uma alegria poder compartilhar minhas amabilices com você!

UM DIA (E UMA NOITE) NO MIRANTE DO ARVRÃO, VIDIGAL, RIO DE JANEIRO

No contar do tempo, minutos separam as nuances a distinguir a perspectiva da paisagem. As pupilas contraem enquanto os olhos se concentram nas formas reveladas pela luz. O contorno dos morros, feitos de mato e casa, intercalados pelas lâmpadas ainda a brilhar, revela uma tranquilidade incomum. É nos primeiros minutos da manhã que os tons pastéis, preguiçosos, se misturam numa harmoniosa composição. Como se acompanhasse o despertar de quem assiste, se espreguiça, no céu, suave, elegante, brando para se revelar, com força, esplendoroso e imponente. Quando o sol nasce, nasce o Rio de Janeiro.

mirante20

Na suíte do Mirante do Arvrão, o dia acorda aos pés da cama. Da sacada, os azuis do mar e do céu se fundem, numa convidativa reflexão sobre o privilégio de assistir a isso tudo antes mesmo de levantar. O hotel fica no alto do Vidigal. Traz o aconchego da estrutura pensada para receber com conforto e sem frescura. Alheio à conceitos diversos sobre a comunidade, o Mirante do Arvrão faz da localização uma oportunidade de ressignificar a imagem da favela, da comunidade, do samba, do funk.

A ideia de subir o morro e me hospedar no Mirante do Arvrão veio junto com a proposta de conhecer o Rio em suas diversas vertentes. Queria ir para a Zona Sul além das famosas praias que dão à cidade o título de maravilhosa. Vi a maravilha de um Rio de verdade.

Como chegar?

Vá de táxi ou uber ou ônibus até a entrada do morro. Ali, há duas opções: subir de Kombi ou de mototáxi. Por causa da mala, escolhi a Kombi. O valor cobrado foi de R$5,00. É a Kombi da comunidade, usada pelos moradores. Como as ruas são estreitas, não existem ônibus, então é como se elas fossem o transporte coletivo, que para em determinados pontos para as pessoas embarcarem e desembarcarem – só que com menos burocracias. A subida foi bem tranquila.

O hotel

A estrutura foge do convencional. Olhando a fachada, não dá para ter ideia de como é por dentro. Cada degrau revela uma surpresa. Do primeiro piso, onde acontece o samba, à recepção – com a decoração mais fofa -, ao andar dos quartos e, para fechar com chave de ouro, a “laje”, de onde se tem uma vista panorâmica do Rio de Janeiro.

Os quartos

O Mirante do Arvrão tem opções de hospedagem em quartos coletivos (para 12 pessoas) e as suítes ocean, standard e deluxe. Todos os quartos têm vista para o mar! A decoração é o que eu chamaria de rústico-minimalista (com minha licença-poética para criar denominações, claro! rs). Tem uma cama confortável, um bom chuveiro e uma proposta de banheiro integrado bem interessante (talvez um pouco inoportuno para pessoas sem muita intimidade, já que a divisória é de vidro).

Café da manhã

Variado, com produtos fresquinhos e uma vista de tirar o fôlego. É servido na mesma área onde todo fim de semana rola o samba!

Falando em Samba

Ao menos uma vez na vida, você pre-ci-sa curtir um samba no morro. A energia do lugar, as pessoas, a vista, os drinks… tudo é delicioso. O samba rola aos sábados e domingos e começa cedinho! A partir das 15h! Além das opções de transporte da comunidade, o Mirante do Arvrão disponibiliza uma van. As informações fresquinhas sobre as datas dos sambas e outros detalhes estão sempre no instagram e no facebook!Faça sua reserva AQUI

Anota aí:

Mirante do Arvrão

Armando Almeida Lima, 8 – Vidigal, Rio de Janeiro

http://mirantedoarvrao.com.br/

Instagram

Facebook

Telefone: (21) 99596-0338

Faça sua reserva AQUI

Autor(a) do post
Amabyle Sandri

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Siga o Amabilices no Instagram e acompanhe em tempo real todas as nossas viagens e aventuras por esse mundo lindo.

Junte-se ao Instagram