$wpsc_last_post_update = 1544576947; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_make_known_anon = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_mod_rewrite = 1; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_front_page_checks = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_mfunc_enabled = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_supercache_304 = 1; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_no_cache_for_get = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_disable_utf8 = 0; //Added by WP-Cache Manager $cache_time_interval = '600'; //Added by WP-Cache Manager $cache_schedule_type = 'interval'; //Added by WP-Cache Manager $cache_page_secret = '1d9980f07be518a26754cbec9e7202f0'; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_slash_check = 1; //Added by WP-Cache Manager if ( ! defined('WPCACHEHOME') ) define( 'WPCACHEHOME', WP_CONTENT_DIR . "/plugins/wp-super-cache/" ); //Added by WP-Cache Manager $cache_compression = 1; //Added by WP-Cache Manager $cache_enabled = true; //Added by WP-Cache Manager $super_cache_enabled = true; //Added by WP-Cache Manager $cache_max_time = 3600; //Added by WP-Cache Manager //$use_flock = true; // Set it true or false if you know what to use $cache_path = '/var/www/html/amabilices.com.br/web/wp-content/cache'; //Added by WP-Cache Manager $file_prefix = 'wp-cache-'; $ossdlcdn = 0; // Array of files that have 'wp-' but should still be cached $cache_acceptable_files = array( 'wp-comments-popup.php', 'wp-links-opml.php', 'wp-locations.php' ); $cache_rejected_uri = array('wp-.*\\.php', 'index\\.php'); $cache_rejected_user_agent = array ( 0 => 'bot', 1 => 'ia_archive', 2 => 'slurp', 3 => 'crawl', 4 => 'spider', 5 => 'Yandex' ); $cache_rebuild_files = 1; //Added by WP-Cache Manager // Disable the file locking system. // If you are experiencing problems with clearing or creating cache files // uncommenting this may help. $wp_cache_mutex_disabled = 1; //Added by WP-Cache Manager // Just modify it if you have conflicts with semaphores $sem_id = 1724809439; //Added by WP-Cache Manager if ( '/' != substr($cache_path, -1)) { $cache_path .= '/'; } $wp_cache_mobile = 0; $wp_cache_mobile_whitelist = 'Stand Alone/QNws'; $wp_cache_mobile_browsers = '2.0 MMP, 240x320, 400X240, AvantGo, BlackBerry, Blazer, Cellphone, Danger, DoCoMo, Elaine/3.0, EudoraWeb, Googlebot-Mobile, hiptop, IEMobile, KYOCERA/WX310K, LG/U990, MIDP-2., MMEF20, MOT-V, NetFront, Newt, Nintendo Wii, Nitro, Nokia, Opera Mini, Palm, PlayStation Portable, portalmmm, Proxinet, ProxiNet, SHARP-TQ-GX10, SHG-i900, Small, SonyEricsson, Symbian OS, SymbianOS, TS21i-10, UP.Browser, UP.Link, webOS, Windows CE, WinWAP, YahooSeeker/M1A1-R2D2, iPhone, iPod, Android, BlackBerry9530, LG-TU915 Obigo, LGE VX, webOS, Nokia5800'; //Added by WP-Cache Manager // change to relocate the supercache plugins directory $wp_cache_plugins_dir = WPCACHEHOME . 'plugins'; // set to 1 to do garbage collection during normal process shutdown instead of wp-cron $wp_cache_shutdown_gc = 0; $wp_super_cache_late_init = 0; //Added by WP-Cache Manager // uncomment the next line to enable advanced debugging features $wp_super_cache_advanced_debug = 0; $wp_super_cache_front_page_text = ''; //Added by WP-Cache Manager $wp_super_cache_front_page_clear = '0'; //Added by WP-Cache Manager $wp_super_cache_front_page_check = '0'; //Added by WP-Cache Manager $wp_super_cache_front_page_notification = '0'; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_object_cache = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_anon_only = 0; $wp_supercache_cache_list = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_debug_to_file = 0; $wp_super_cache_debug = '0'; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_debug_level = 5; $wp_cache_debug_ip = ''; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_debug_log = ''; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_debug_email = ''; $wp_cache_pages[ "search" ] = 0; $wp_cache_pages[ "feed" ] = 0; $wp_cache_pages[ "category" ] = 0; $wp_cache_pages[ "home" ] = 0; $wp_cache_pages[ "frontpage" ] = 0; $wp_cache_pages[ "tag" ] = 0; $wp_cache_pages[ "archives" ] = 0; $wp_cache_pages[ "pages" ] = 0; $wp_cache_pages[ "single" ] = 0; $wp_cache_pages[ "author" ] = 0; $wp_cache_hide_donation = 0; $wp_cache_not_logged_in = 1; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_clear_on_post_edit = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_hello_world = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_mobile_enabled = 0; //Added by WP-Cache Manager $wp_cache_cron_check = 0; ?> PALÁCIO DE VERSALHES | BLOG DE VIAGEM | BLOG AMABILICES

Viaje comigo!

Quer saber das novidades?! Se cadastre e receba as dicas direto no seu e-mail! É uma alegria poder compartilhar minhas amabilices com você!

PALÁCIO DE VERSALHES – E SEUS INDESCRITÍVEIS JARDINS

O dourado dos portões ornamentados denuncia: por ali viveram figuras importantíssimas da história da França. A coroa no topo do ferro reluzente, a recepcionar os visitantes, é uma prévia do luxo que o Palácio de Versalhes reserva. Um passeio histórico-contemplativo por um dos Patrimônios da Humanidade da Unesco – o maior e mais célebre palácio da França.

IMG_6800

Tão grande quanto a lista de fatos históricos ocorridos aqui, pode ser a fila de entrada. Por isso, compre os ingressos com antecedência. No site oficial você encontra todas as opções de ingressos – do mais simples ao passaporte de dois dias. Aviso: reserve um dia inteiro, no mínimo, para o passeio. São mais ou menos 35 minutos para ir de Paris a Versalhes e cada segundo no interior do Palácio ou nos jardins vale a pena.

IMG_6912

Falando de história (e alguns detalhes são fundamentais para entender a grandiosidade de tudo que envolve Versalhes), o rei Luís XIV, conhecido com O Grande, era um baixinho – ó o bullying aí, minha gente-, ostentador, metido a ousadias – no governo e na arquitetura. Teve o reinado mais longo da história europeia e o maior palácio do país.

Super dica: peguem o áudio-guia. Com ele é possível saber mais sobre vários cantos do palácio – e você tem a independência de seguir o ritmo que considerar adequado ao seu roteiro.

Ah, como não tinha máquina fotográfica (não, né?), as batalhas eram registradas em pequeninos quadros, como esses aí.
Ah, como não tinha máquina fotográfica (não, né?), as batalhas eram registradas em pequeninos quadros, como esses aí.
Além do Palácio principal existem também o Grand Trianon e o Petit Trianon. Só consegui ir ao primeiro! O transporte entre os prédios pode ser feito a pé (não recomendo), de “trenzinho” ou com uns carrinhos – como os de golfe – que podem ser alugados por incontáveis euros. Eu fui de “trenzinho” e voltei até uma parte dos jardins. Lá fiquei com os cisnes até perder o transfer e ter que caminhar mais de meia hora até a saída do Palácio. Vantagem?! Vi o Palácio com as luzes acesas e um pôr do sol mais lindo da vida!

Grand Trianon

Era o local para onde a família real ia no verão ou quando queriam se afastar da corte. O prédio é lindíssimo. Revestido de mármore rosa (por isso era conhecido como Trianon de Mármore), tem uma decoração bem peculiar e jardins encantadoramente delicados. Coisa de Luís XIV.

IMG_7005

Uma vista mais ou menos.
Uma vista mais ou menos.

Petit Trianon

Aqui era o recanto da putaria do Rei Luís XV. Mentira. Má-o-meno. Ele mandou construir o Trianon para a amante, Madame de Pompadour. Mas ela morreu antes da conclusão da obra. Então, ele abrigou ali outra rapariga, a Mademe du Barry.
Notem a evolução dos Luíses aí. É só com Luís XVI, o marido da Maria Antonieta, que o Palácio vai da glória à decadência – quando o casal precisa fugir, antes de ir para a guilhotina.

Depois dessa overdose de provas visuais… não preciso nem dizer! É um passeio imperdível! O que eu faria de diferente caso voltasse?! Leria a história, para conseguir imaginar com mais propriedade tudo que aconteceu nesses incríveis cômodos e jardins. Um lugar apaixonante!

 

Autor(a) do post
Amabyle Sandri

Comentários

2 Comentários
  1. postado por
    Johnnie Lustoza
    jul 3, 2019 Reply

    Infelizmente eu não consegui visitar esse palácio quando estive em Versalhes. A viagem pra lá foi decida de última hora e quando cheguei lá a fila estava enorme, tanto pra comprar o bilhete de entrada, quanto para entrar. Acabei parando em um café bem escondido e fiquei bebendo a tarde toda com uns velhinhos moradores locais. No fim das contas a experiência foi excelente, mesmo tendo fugido do propósito original do passeio. Lendo seu post me senti na obrigação de voltar e, dessa vez, visitar o palácio. Um abraço e obrigado pelo relato.

    • postado por
      Amabyle Sandri
      jul 7, 2019 Reply

      Jura?! Fiquei feliz em ver sua habilidade de fazer o melhor com o imprevisto! Mas, de fato, o Palácio merece ser visitado – e com tempo! Quero voltar pra chegar beeeem cedinho pra curtir os palácios de verão!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Siga o Amabilices no Instagram e acompanhe em tempo real todas as nossas viagens e aventuras por esse mundo lindo.

Junte-se ao Instagram