Viaje comigo!

Quer saber das novidades?! Se cadastre e receba as dicas direto no seu e-mail! É uma alegria poder compartilhar minhas amabilices com você!

ILHA DO MEL | DICAS GERAIS

Ilhas, por si, são envoltas na magia de ser: ser punhado de terra no meio do oceano, ser casa de ecossistemas completos, ser aventura, mas, também, tranquilidade. Ser sossego em temporada. Ser temporada de aconchego. A Ilha do Mel traz tudo isso.

A natureza é tão predominante que, em 1982, a ilha foi elevada à categoria de Estação Ecológica. 20 anos depois, surgiu o Parque Estadual da Ilha do Mel. 95% da ilha é feita de restinga e mata atlântica. É nos 200 hectares liberados para uso que estão as praias e atrações que os turistas visitam. Aí, entram o Farol das Conchas, a Gruta das Encantadas e a Fortaleza Nossa Senhora dos Prazeres. Vamos a algumas dicas sobre a Ilha do Mel?!

mapa

Onde fica?

A Ilha do Mel está na embocadura da Baia de Paranaguá. Fica a duas horas de viagem de Curitiba, capital do Paraná, e a alguns minutos de barco da costa.

3 (1)

Como chegar?

De barco! Apenas. Saindo de Pontal do Sul, são vinte minutos de viagem. A passagem de ida e volta na embarcação (em janeiro de 2018) custou R$35,00. Saindo de Paranaguá, a viagem é mais longa: 1 hora e 45 minutos. Ida e volta saem por R$53,00.

2 (1)

O percurso para chegar a Pontal do Sul, saindo de Curitiba, é pela BR 277. O trajeto tem 112 km e há um pedágio no caminho. Já para Paranaguá, a distância é de 89,7 km, também pela BR 277, com pedágio.

Quem vai de carro precisa deixá-lo num dos estacionamentos próximos ao terminal de embarque. Faça uma pesquisa de preço no local. No estacionamento da Pousada Estrela do Mar, consegui diárias por 25 reais em vaga coberta, com câmeras de segurança e transfer de ida e volta até o terminal.

O trajeto entre Curitiba e as cidades com terminal de embarque para a Ilha do Mel pode ser feito de ônibus. As passagens custam em torno de R$30,00 (com variação em alta temporada). A empresa que faz o trajeto é a Viação Graciosa.

Onde se hospedar?

A Ilha do Mel é dividida, basicamente, em duas praias: Encantadas e Nova Brasília. Na hora de embarcar, preste atenção nesse detalhe! Encantadas é a praia mais agitada, com mais opções de restaurantes, bares e pousadas. Nova Brasília é mais tranquila, quase deserta.

Onde comer?

Em Encantadas, existem várias opções de restaurantes e quiosques na beira-mar. Há também os restaurantes das pousadas. De uma maneira geral, as opções são de porções, pratos à la carte e lanches. Para pratos mais elaborados, a indicação dos nativos foi o Fim da Trilha. (Não tive tempo de conhecer!).

O que conhecer?

Farol das Conchas

O farol leva o mesmo nome do morro onde está situado! Foi construído a mando de Dom Pedro II, para orientar os navegadores na baia de Paranaguá. A construção data de 1872. Do farol, é possível ter uma vista panorâmica da ilha. A caminhada até lá dura meia hora a partir de Nova Brasília e duas horas, saindo de Encantadas.

Gruta das Encantadas

Um paredão rochoso, com uma fenda e muitas lendas! Dizem que as sereias cantavam para os piratas dali. Com a maré baixa, é possível entrar na fenda. Dica: faça fotos de silhueta. A luz é perfeita para isso. O acesso até a gruta feito por uma passarela de madeira. Trilha leve até o local.

fortaleza

Fortaleza Nossa Senhora dos Prazeres

Datada de 1770, a Fortaleza, como o próprio nome sugere, foi feita para proteger a baía de Paranaguá. A ordem partiu de Dom José, rei de Portugal. Em 1972, foi tombada como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. No local, ainda estão os canhões dos séculos 18 e 19. Há, também, um mirante, de onde é possível ver as ilhas de Superagüi e das Peças. É possível chegar à Fortaleza a pé, por um trilha de uma hora a partir de Nova Brasília ou duas horas e meia, saindo de Encantadas. Outra opção, são os barcos.

8 (1)

Existem opções de passeios, como o que eu fiz, que custam em torno de R$80,00. Eles fazem um circuito que sai de Encantadas, contorna as praias, passa pelo Farol, para na Fortaleza e encerra com um momento fofo na baía dos golfinhos. Há, também, a alternativa de lanchas que fazem o serviço de táxi aquático.

11 (1)

Importante saber:

Na ilha, só é possível circular a pé ou de bicicleta. Não há iluminação. Por isso, é importante levar uma lanterna! Leve também protetor solar e repelente.

Ah, caso você opte por se hospedar em Encantadas, existe um forró na Praça de Alimentação (leve a lanterna) e um bar/balada chamado Cavalo Marinho, com música ao vivo, comida boa e drinks diferentes.

Uma última dica?! Fique, no mínimo, dois dias. Não faça bate-volta! Permita-se curtir os encantos do lugar com o céu mais bonito que já vi à noite!

12 (1)

 

Curtiu a Ilha do Mel?! Aproveite e pesquise hotéis! Clique AQUI e veja a relação de pousadas e hotéis que o Booking oferece!!

Tem mais dicas?! Deixe nos comentários!

 

Autor(a) do post
Amabyle Sandri

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Siga o Amabilices no Instagram e acompanhe em tempo real todas as nossas viagens e aventuras por esse mundo lindo.

Junte-se ao Instagram