Viaje comigo!

Quer saber das novidades?! Se cadastre e receba as dicas direto no seu e-mail! É uma alegria poder compartilhar minhas amabilices com você!

INSTITUTO MIRIM AMBIENTAL DE BONITO

Na farda, as patentes: cabos, soldados, tenentes. Todos alinhados e em posição de ordem unida.
– Sentido!
Basta ouvir a voz do professor para que eles fiquem parados, com olhar fixo para a frente, mãos junto ao corpo e em silêncio. A postura permanece assim até que a ordem de descansar seja dada.
Aí, as crianças voltam a ser crianças. Sim! A cena, típica de pelotões da Polícia Militar, faz parte da rotina dos pequenos bonitenses. Um grupo de crianças e adolescentes que participa do Instituto Mirim Ambiental, a antiga Patrulha Mirim – conhecida pelos moradores como Projeto Florestinha.
O contraturno era um sonho do Capitão Francisco Solano Espindola. O projeto começou em 1998, teve uma pausa, e foi retomado em 2014. Na época, numa salinha emprestada, com 40 alunos. Hoje, a estrutura cresceu. A SELETA (Sociedade Caritativa e Humanitária Quadro de Bonito), onde as atividades ocorrem, passou por recente reforma para abrigar, com um pouco mais de conforto, os 140 alunos que passam parte do dia ali.
E eles querem estar ali! A lista de espera para participar do projeto tem 300 crianças, inscritas pelos pais – que participam ativamente das atividades. Isso porque eles assinam um termo de compromisso – caso faltem às reuniões, o filho perde a vaga. Ninguém nunca perdeu!
As turmas estão divididas por idades e por turnos, mas todos aprendem as mesmas disciplinas. A lista inclui cidadania, noções de escotismo (nós e amarras são os ensinamentos favoritos!), higiene e saúde, trânsito, artesanato, culinária, educação ambiental, instrução militar e noções de turismo. Numa trilha, do Bosque das Aroeiras, que fica na propriedade do Instituto, as crianças aprendem sobre a fauna e flora locais.
As punições são simbólicas. Quem desobedece, fica sem farda. E, ser impedido de usar o uniforme é um dos piores castigos para as crianças. É que aqueles que se dedicam entram para o grupo dos patrulheiros engajados. Dessa turma saem os candidatos à graduação. Mas, para isso, o aluno não pode ter nenhuma punição e, muito menos, ficar de recuperação.
_dsf4453
Foto: Diego Oliveira | Studio 45 Graus
O Instituto Ambiental Mirim tem alunos de 8 a 15 anos. Quando completam 16, os adolescentes são encaminhados para o mercado de trabalho. A proposta é que eles saiam dali formados como pessoas íntegras e dedicadas. O apoio de um grupo de empresários do turismo já rendeu dois empregos aos ex-alunos! Dos muitos que devem vir pela frente.
O projeto é gratuito para os alunos e todos os envolvidos são voluntários. Mesmo aqueles que recebem um bônus do município para estar ali, o fazem por amor. São onze voluntários que se dedicam à formação de crianças e adolescentes conscientes, disciplinados e que esbanjam alegria. A fórmula do sucesso?! “Eles são como filhos pra gente. Quando você dá amor, dá carinho, as respostas vêm rápido”, sintetiza Lúcia – professora, amiga e “mãe” dos, para sempre, “florestinhas”.
_dsf4409
Foto: Diego Oliveira | Studio 45 Graus
Foto: Diego Oliveira | Studio 45 Graus
Foto: Diego Oliveira | Studio 45 Graus
Gostou?! Você pode incluir uma visita ao Instituto durante sua passagem por Bonito!!
_dsf4505
Anota aí:
Instituto Mirim Ambiental de Bonito
Rua Luis da Costa Leite, 1226
Facebook
(67)99262-9282 Lúcia
(67) 98469-8578 Capitão Espindola
Autor(a) do post
Amabyle Sandri

Comentários

1 Comentário
  1. postado por
    Euro Bonito/MS
    nov 11, 2016 Reply

    Muito legal a reportagem e essa visão de Bonito. Realmente o Instituto faz a diferença nessa cidade e você mandou muito bem nessa postagem! Prbs…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram

Siga o Amabilices no Instagram e acompanhe em tempo real todas as nossas viagens e aventuras por esse mundo lindo.

Junte-se ao Instagram